28 de fev de 2010





 

 "Não podemos viver apenas para nós mesmos.
Mil fibras nos conectam com outras pessoas;

e por essas fibras nossas ações vão como causas
e voltam pra nós como efeitos."

(Herman Melville)

DUVIDAS E CERTEZAS...


É preciso deixar as coisas pra trás. É preciso deixar as pessoas seguirem seus caminhos.
Sei de tudo isso, mas sinto falta... Acostumo fácil com a presença.
E sei de todos os argumentos racionais que impossibilitam a convivência. Já fiz isso algumas vezes e fico pensando que agora será mais fácil. Amargo engano. Continuo fantasiando, esperando a tal reviravolta...
Por que eu sou assim? Alguém poderia explicar?  
Sei que continuo caminhando só. Com várias pessoas ao redor, mas só... O que não é necessariamente ruim... Quem falou que pra seguir em frente precisa de dois? 
Olho pra trás e vejo o quanto já caminhei. Consigo perceber os momentos de parada pra tomar fôlego. Consigo ver os que me deram a mão e me ajudaram a seguir em frente. Consigo me orgulhar das escolhas que fiz, mesmo que não tenham me levado para onde imaginei. A diferença é que o tumulto passou, a angústia ficou pra trás. Novas possibilidades aparecem no horizonte. 

O mais engraçado é que tentei imaginar uma vida diferente e não consegui. Então, por que eu insisto com essa mania de me lamentar?  E não me impressiono com cifras, títulos ou promessas.Não acredito em palavras ditas ou escritas. Acredito em atitudes, somente.   Palavras eu já tenho, nasci com esse dom. Posso te contar minha vida inteira, e ainda assim, você nao vai saber nada de mim. Quer me conhecer lendo meus textos, nem tente. Eu nao conseguiria descrever nem um decimo de tudo que eu penso mesmo que eu soubesse todas as palvras do mundo. Nunca seria política. Não sei agradar ninguem dizendo algo que nao penso. Ou que não é. Tento dar bons exemplos. Tenho consciencia de que sou responsavel por tudo que escrevo uma vez que deixo alguem ler. Falo palavrao na hora certa, xingo na hora errada, Escrevo tudo que vem na minha cabeça sem roteiro, sem pensar se vão gostar ou nao. Escrvo em tudo que penso.Escrevo porque é a forma de organizar meus pensamentos.Escrevo porque é a forma de eu me conhecer mais e você me conhecer menos.
E ainda assim eu tento me definir, me decifrar. Estou em pedaços tentando me encaixar. Labirintos e quebra cabeças que por hora cansa. Mas eu espero. Espero ter o que encontrar. Mais dentro que fora. Mais eu de mim. 


“Deus protege e vinga os justos.
As almas dos justos estão
nas mãos do Senhor
e nenhum mal as tocará!"

25 de fev de 2010

EXISTEM AMORES E EXISTE UM AMOR ESPECIAL, APENAS UMA VEZ EM NOSSAS VIDAS...
ESSE TIPO DE AMOR PERTENCE AO CÉU, É INCONDICIONAL E ELE SERÁ PARA SEMPRE... 
COMO UMA MARCA CÓSMICA, INFINITA LÁGRIMA DE ALEGRIA E UM ABRAÇO SEM FIM! 
O DIFÍCIL É DESCOBRI-LO, DICERNI-LO, EM MEIO ÁS TEMPESTADES DO NOSSO CORAÇÃO.

FÉ...


..."A Deus tudo é possível"... (Jesus)

Seja qual for a perturbação reinante, acalma-te e espera, fazendo o melhor que possas.
Lembra-te de que o Senhor Supremo pede serenidade para exprimir-se com segurança.
A terra que te sustenta o lar é uma faixa de forças tranqüilas.O fruto que te nutre, representa um ano inteiro de trabalho silencioso da árvore generosa.
Cada dia que se levanta é convite de Deus para que Lhe atendamos à Obra Divina, em nosso próprio favor.

Ingredients:

Se te exasperas, não Lhe assimilas o plano.
Se te afeiçoas à gritaria, não Lhe percebes a voz.
Conserva-te, pois, confiante, embora a preço de sacrifício.
                           De certo, encontrarás ainda hoje, corações envenenados que destilam irritação e desgosto, medo e fel.
         Ainda mesmo que te firam e apedrejem, aquieta-te e abençoa-os com a tua paz.
           Os desesperados tornarão a harmonia, os doentes voltarão à saúde, os loucos serão curados, os ingratos despertarão.
É da Lei do Senhor que a luz domine a treva, sem ruído e sem violência.
Recorda que toda dor, como toda nuvem, forma-se, ensombra e passa...
Se outros gritam e oprimem, espancam e amaldiçoam, acalma-te e espera.




"Não olvides a palavra do Mestre quando nos afirmou que a Deus tudo é possível, e, garantido o teu próprio descanso, refugia-te em Deus."

Emmanuel

21 de fev de 2010

Amigosss

Sem dúvida alguma, amizade é o sentimento que devemos cultivar com mais cuidado e dedicação em nossa vida. Descobrimos nossa verdadeira alma pelas amizades que conseguimos conquistar, e, mais importante ainda, que conseguimos manter ao longo de nossa vida.
Se somos capazes de fazer e manter boas amizades, forçosamente é porque temos algo de bom em nossa alma, pois as amizades são conquistadas com atitudes, com palavras de apoio e carinho quando necessário for. Mas tais atitudes devem expressar sinceridade. Com amigos, devemos usar e abusar da sinceridade, sempre sendo coerentes em nossas acções, nunca esquecendo de que, em caso de justificar-se uma reprimenda, devemos ter presente que nossa obrigação de amigos, será apontar as falhas de conduta de nossas amizades.
Aqui cabe um pensamento muito interessante ....
Se você quiser um ano de prosperidade, cultive grãos.
Se você quiser dez anos de prosperidade, cultive árvores.
Se você quiser cem anos de prosperidade, cultive pessoas. (Confúcio)

Sem dúvida alguma, nosso amigo está coberto de razão. Conseguindo cultivar pessoas teremos sempre muita prosperidade. Se não for financeira, será espiritual. Sempre fará bem para nosso espírito saber que temos capacidade para conquistar e desenvolver amizades.
Contudo, sempre existe a possibilidade de deixarmos escapar algumas boas amizades, por razões alheias à nossa vontade.
Por exemplo, quantas vezes amigos se afastam por questões mal explicadas. Alguma atitude inconveniente, talvez. Ou algum mal entendido. Sabe-se lá porque. Claro que o sentimento de amizade nesse caso, não estava bem sedimentado. Não era, digamos, uma real amizade, mas algo ditado por alguma conveniência de uma das partes, ou de ambas.
Por vezes é unilateral. Sentimos essa espécie de carinho de amigo por alguém, que não nos dá o retorno. Paciência, mas jamais devemos considerar como motivo para deixar o sentimento morrer em nosso interior. Não custa nada permanecer como amigo. Quem sabe um dia uma luz iluminará essa cabecinha renitente.
Há que se notar que uma real amizade cria raízes, e na verdade, depende do tempo ou mesmo da convivência.
É ditada pelas afinidades. Surge por vezes inexplicavelmente. As afinidades são descobertas, e por causa delas o sentimento cresce, unindo pessoas que nem sempre se conhecem fisicamente, e tais amizades vão se fortalecendo, muitas vezes justamente por não haver esse contacto mais estreito. São mantidas no terreno de amizade, que é um sentimento puro. De repente ficamos amigos. Por que? Ora, porque...
Algumas vezes podem ser confundidos com amor, o que por vezes atrapalha o relacionamento.
Amizade não requer exclusividade, enquanto o amor é bem mais exclusivista. Podemos dividir nossas amizades com outras pessoas, enquanto que, nosso amor, queremos apenas para nós mesmos. Amizades, podemos e devemos ter muitas, enquanto que o amor exige exclusividade.
Devemos apenas ser selectivos. Aliás, como a amizade é ditada pelas afinidades entre as pessoas, já é naturalmente selectiva.
Claro que sempre é necessário algum contacto, mesmo que extemporâneo para sua manutenção, para que não acabe caindo no esquecimento.
É com essa finalidade, para sempre procurar manter as amizades conquistada.

20 de fev de 2010

EVITE SER TRAID


Para as mulheres, uma verdade! Para os homens, a realidade.


Assim, após um processo 'investigatório' junto a essas 'mulheres modernas' pude constatar o pior.
VOCÊ SERÁ (OU É???) 'corno', ao menos que:

- Nunca deixe uma 'mulher moderna' insegura. Antigamente elas choravam. Hoje elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.

- Não ache que ela tem poderes 'adivinhatórios'. Ela tem de saber da sua boca o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.

- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol) mais do que duas vezes por semana, três vezes então, é asssinar atestado de 'chifrudo'. As 'mulheres modernas' dificilmente andam implicando com isso, e se implicar uma vez e depois não se importar mais.... atenção!! Aí tem!!! Entretanto, elas são categoricamente 'cheias de amor pra dar' e precisam da 'presença masculina'. Se não for a sua meu amigo.... Bem... com certeza será de outro. Mulheres assim nunca ficam sozinhas! Pelo contrário tem sempre no mínimo 3 na fila.

- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.

- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As 'mulheres modernas' têm um pique absurdo em relação ao sexo e, principalmente dos 25 aos 42 anos, elas pensam, e querem fazer sexo TODOS OS DIAS (pasmem, mas a pura verdade)... Bom, nem precisa dizer que se não for com você...

- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????

- Nem pense em provocar 'ciuminhos' vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.

- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar ou imaginar o fato de você estar olhando para outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo a um 'chifre' tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS 'comedor' do que você... só que o prato principal, bem... dessa vez é a SUA mulher.

- Sabe aquele bonitão que você sabe que sairia com a sua mulher a qualquer hora? Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece... Quando você reparar... já foi.

- Tente estar menos 'cansado'. A 'mulher moderna' também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para muita coisa.

- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em 'baladas', 'se pegando' em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A 'mulher moderna' não pode sentir falta dessas coisas... senão...

Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão 'quem não dá assistência, abre concorrência e perde a preferência'. Desse modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas 'mancadas'...

Proteja-a, ame-a, e principalmente, faça-a saber disso. Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele 'bonitão' (ou aqueles bonitões) que vive (vivem) enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!!!

Quem não se dedica, se complica. Como diz uma amiga: 'MULHER NÃO TRAI, APENAS SE VINGA'.

(Arnaldo Jabor)

FIM..

Você precisa mendigar algum pouco de amor pelas noites geladas ou em qualquer colo sozinho, para só então se amar, meu bem.
O meu jeito de lidar com o fim do amor é outro. Eu preservo um tanto seu em mim.
Sem esmola por ora.
Deixei o porta retrato ainda intacto.
Junto ao medo de mexer em algo que ao ser guardado no fundo de algum canto, ali permanecerá.
As trilhas diferentes revelam um silêncio interno perturbante, intrigante.
E a poesia não tem magia.
Só agonia.
Minhas escolhas, meu caminho…
Só meu.
Direção contrária ao seu.
Como a poetisa e o plebeu.
No meu ritmo o som é experimentalmente denso, intenso.
Nas madrugadas afora vejo que me sinto inteira dentro do eu que sou agora.
Perto de tudo que sou e daquilo que jamais fui antes de começar a ser.
Olho pro buraco que fizeste em mim.
Ainda assim, com delicadeza vejo a beleza de sentir a dor pura pelo valor da experiência.
Reverências!
Eu harmonizo as mais diversas energias que provocas em mim.
Exploro-as sem fim.
Tim-tim.
Nos eternos brindes noturnos sinto minha liberdade em um grito mudo de alívio.
Preço alto, noite longa.
O mundo volta a fazer barulho.
A novidade mostra o futuro.
Eu me orgulho.
Com orgulho duro no escuro.
Quanto ao escudo?
Digo que permaneces tatuado em mim.
Mas que eu bebi de ti todos os goles até o fim.
Segredo meu dentro do camarim.
Eu guardo a doçura de cada ternura.
Tentei de uma forma madura,
em meio aos seus gritos de loucura.
E fúria.
Na fortaleza de um, a fraqueza do outro.
Peço-te franqueza. Vou-me à francesa.
Me visto com o vestido de menina boneca desprotegida e ferida.
Guardo o espartilho e a cinta liga de mulher decidida.
Meu equilíbrio externo ofuscando a desordem interna.
Lobos se atacando em noite de lua cheia.
Por que tanta delicadeza pra falar de sentimento?
Pra que tanto sentimento sem delicadeza?
O furo que deixaste aqui dentro é do tamanho que necessitas para partir.
Vitória minha em sentir.
Ou não.
Vá então!
Do lado de fora tenho a certeza de dentro que eu beberia cada gota dessa dose amarga de novo.
Do mesmo jeito no meu peito.
Erraria cada erro que errei.
Deixaria doer toda a dor que dói.
Só para sentir outra vez tudo o que há dentro de mim como senti.
Fico aqui, sensível a cada sentimento meu.
Experimentei-me de todas as formas, por completo.
Confesso,
por vezes sem delicadeza alguma.
Eu me amassei nos seus rascunhos ainda dobrados.
Guardo comigo, com carinho cada palavra das cartas rasgadas.
Dispenso personificações.
E te expulso dos meus pulsos, por impulso.
Já que me sobra delicadeza.


 .... BOCA SECA E AMARGA ! ...

"Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada.
Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram.
Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés.
Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer."

19 de fev de 2010

E por falar em saudade...

Como esquecer alguém, seja um grande amor, uma amizade que ficou pelo meio do caminho ou alguém querido que morreu? Vivemos em uma luta constante para esquecer, mas no fundo tenho a sensação que quanto mais brigamos com nós mesmos para esquecer, mais lembramos, seja do que for.
A verdade é que não esquecemos! Apenas mudamos o foco. Passamos a prestar mais atenção em outras coisas, criamos outras prioridades e assim, aquela lembrança vai se afastando, ficando em segundo, terceiro plano, mas basta um pequeno "empurrãozinho" para ela vir a tona novamente.
Precisamos parar de brigar com os nossos sentimentos e emoções. 
Tudo o que vivemos, de bom ou de ruim fazem parte da nossa vida, de alguma escolha que fizemos e é o apanhado geral de tudo isso que faz de você o que você é e de mim o que sou neste momento. São as nossas bagagens de vida que vamos carregar por todo o sempre. Não dá para viver apenas os bons momentos e esquecer os ruins, até porque, na maioria das vezes são com eles que aprendemos mais, que crescemos e amadurecemos para na próxima vez tentar agir um pouquinho diferente.
Tenho tentado parar de brigar comigo mesma para esquecer algumas coisas. Hoje tento vivenciar ao máximo o meu luto, me permitir sofrer e chorar. Acredito que apenas assim, esgotando o sofrimento é que conseguimos abandoná-lo mais rápido a um cantinho, a um quartinho de fundos do coração e da mente. Até porque é dessa forma que nós passamos a controlar esse sentimento e paramos de nos deixar controlar por ele. É difícil, tenho recaídas, mas pelo menos, racionalmente, sei o que devo fazer.
 
 
 
"A maior solidão é a do ser que não ama.A maior solidão é a do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha,que se recusa a participar da vida humana.A maior solidãoé a do homem encerrado em si mesmo,no absoluto de si mesmo,o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade de socorro.O maior solitário é o que tem medode amar,o que tem medo de ferir e ferir-se"
 
*Vinicius de Moraes
 



Um homem só encontrou a mulher ideal quando olhar no seu rosto e ver um anjo, e tendo-a nos braços ter as tentações que só os demonios provocam.
(Pablo Picasso)

17 de fev de 2010

Amanhã Apaixone-se..

Porque o dia seguinte é o dia mais importante da sua vida.
É no dia seguinte que sabemos se o dia de ontem valeu a pena.
É no dia seguinte que acordamos para a realidade ou dormimos no sonho.
A vida da gente começa no dia seguinte e só existe uma maneira de viver:
APAIXONADO.
Por isto dance, dance como se ninguém estivesse vendo você,
Trabalhe como se não precisasse de dinheiro,
Corra como se não houvesse a chegada,
Ame como se nunca tivesse sido magoado antes,
Acredite como se não houvesse frustração,
Grite como se ninguém estivesse ouvindo,
Beije como se fosse eterno,
Sorria como se não existissem lágrimas,
Abrace como se fossem todos amigos,
Durma como se não houvesse amanhã,
Crie como se não existisse crítica,
Vá como se não precisasse voltar,
Acorde como se você nunca mais fosse dormir de novo,
Faça a próxima viagem como se fosse a última,
Vista-se como se não conhecesse espelhos,
Proponha como se não existissem as recusas,
Brinque como se não tivesse crescido,
Levante como se não tivesse caído,
Case como se não houvesse outra,
Mergulhe como se não houvesse medo,
Ouça como se não existisse o certo ou errado,
Fale como se não existisse o certo ou errado,
Aprecie como se fosse eterno,
Viva como se não houvesse fim.
Prefira ser invés de ter,
Sentir invés de fingir,
Andar invés de parar,
Ver invés de esconder,
Abrir invés de fechar.
Apaixonar-se é um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, espere, regue e cuide. Terá um jardim. Mas esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excesso de chuvas. Se desistir, não terá um jardim. Terá um descampado.
A paixão não se vê, não se guarda, não se prende, não se controla, não se compra, não se vende, não se fabrica.
A paixão é a diferença entre o sucesso e o fracasso.
Entre a dúvida e a certeza.
Entre aqueles que gostam do que fazem e aqueles que fazem o que gostam.
Apaixonados não esperam, agem.
A paixão é o que faz coisas iguais serem diferentes.
Lembre-se que a arca de noé foi construída por apaixonados que nada conheciam de navegação e de embarcação e o Titanic foi feito por engenheiros profissionais, fabulosos, que queriam mostrar seu poder.
Amanhã, quando acordar, pense se hoje valeu a pena e
APAIXONE-SE. Porque em 24 horas você vai entrar no dia mais importante da sua vida: O DIA SEGUINTE!

16 de fev de 2010

Acordando...

Não são todas as coisas que me fazem rir verdadeiramente, não são todas as pessoas que me fazem bem, que tem uma boa energia, que me transmitem paz...
Estou séria! Melhor dizendo dormindo acordada!
São tantos problemas que tenho enfrentado diariamente, mas sabe quando você consegue simplesmente fechar os olhos e dormir?  Tenho conseguido isso!
Fecho meus olhos, descanso, sonho, durmo...acordo normal, fico normal e estou sendo normal!
Queria ser um passáro. Sobrevoar a cidade! Parar no alto e sentir uma brisa bem suave por entre as asas!
Mas sou humana! Machuco as pessoas e elas me machucam também!
Estou tentando me concentrar, arrumar meu horário biológico, dormir mais cedo, acordar mais cedo! Criar uma rotina!
Estou muito orgulhosa de mim ultimamente, pois acho que estou sendo sensata e tendo um pouco de maturidade diante de coisas que me acontecem!
Não são coisas que acontecem diretamente a mim, mas afeta a minha pessoa muito mais do que as pessoas principais!
Não quero falar disso com ninguém! Mas isso perturba e muito!
To indignada, esvaziada! Mas só com isso!
De resto...a vida continua...
Tudo tem um fim de uma certa forma, nada é para sempre, por isso nós temos que viver cada segundo de nossas vidas como sendo únicos, devemos complicar menos, amar mais, dizer mais às coisas que sentimos, pois não acho errado dizer a alguém que se gosta, não acho messssmooo! 
até porque quem sabe um dia não poderemos dizer aquela velha frase... "Porque eu nunca falei q te amava?" e ai é tarde demais né.
 To tranqüila, lendo, ouvindo músicas que fazem minha alma sorrir, trabalhando, buscando coisas novas e soluções para algumas coisas q preciso por em ordem relacionadas ao meu trabalho, to saindo mais conhecendo pessoas e reencontrando outras que pensei ter perdido mas q simplesmente o tempo havia nos afastado, e que se voltaram é porque ainda faltou algo para vivermos!
Isso me faz bem! Muito bem! Relaxa! Tranqüiliza!
Tira um pouco o peso que tenho carregado nas costas! 
Minha mãe diz que estou tendo atitudes maduras! Isso me deixa muito feliz! Saber que estou aprendendo!
Sinto que muitas mudanças vão acontecer novamente! Isso é o que mais me deixa feliz... embora ainda me recuperando de enorme perda, pois estou sentindo muita falta dele, mas acredito que nada foi em vão e todos os nossos momentos nunca vao deixar de existir, pq foram vividos com muita intensidade.
Enfim, agora o que realmente importa é seguir em frente, juntar os pedaços colar e torcer pra que as coisas aconteçam de forma simples e feliz!


"A vida é curta e tens que viver intensamente.
Cada segundo que passa é um presente dos céus"
(Brian Littrell) 

13 de fev de 2010

E se...?

 Reconheço a maturidade não pelos sonhos que morreram, mas pelos sonhos que insistem em brotar de minha alma e que hoje os faço acontecer à minha medida e possibilidade.
Mas, se ainda assim, o sonho não acontecer ou não der certo, não fico remoendo, me culpando pelo fracasso ou esperando que alguém o realize por mim.
Simplesmente, não perco tempo. Aprendo com meus erros, sigo em frente, sabendo que o tempo de recomeçar já está acontecendo.
Essa é uma das vantagens que o tempo nós dá: aprendemos que o melhor tempo da nossa vida não foi o tempo que passou e nem o tempo que virá – esse tempo é tempo de ilusão, uma maneira de evitarmos a vida que flui naturalmente em nós.
Aprendemos que as perdas, na verdade, nunca foram perdas, e sim, ganhos – oportunidades de nos livrarmos da falsa auto-imagem que construímos para nos sentirmos aceitos e amados.
Quando amadurecemos, compreendemos que não importa se nos sentimos ou não amados o suficiente e se não amamos o quanto poderíamos ter amado...O importante mesmo é como amaremos daqui pra frente!
A maturidade não se faz pelas marcas que o tempo deixa em nossa pele, mas pela sensibilidade que sentimos quando alguém nos toca e com a doçura com que tocamos alguém...Com a doçura com que tocamos a vida!
Entendemos definitivamente que o amor, a alegria, a paz, são sentimentos que brotam de dentro pra fora e não de fora pra dentro.
Aprendemos, ainda, um novo conceito de felicidade, mais consistente e real. Valorizamos a simplicidade da vida, os pequenos gestos...Coisas que a pressa da juventude não nos permitia apreciar.
Compreendemos de uma vez por todas que ser feliz não é uma questão de idade, e sim, uma questão de escolha, de decisão mesmo!
Sei que existe alguma coisa para eu aprender, alguma coisa que devo mudar. Acredito que estou sendo guiada, que estou cumprindo minha missão, portanto vou procurar o que devo aprender, sem julgamentos, seguindo o fluxo. Peço que todas as minhas mudanças venham com alegria, segurança e harmonia. 
Este é o meu decreto. Ele abrange tudo aquilo que eu quero em minha evolução: eu vivo com alegria, segurança e harmonia. Por isso, sigo essa energia e vejo o que está mudando para mim e o que eu preciso abandonar. Eu posso mudar tudo aquilo que desejar. Tenho coragem, força e saúde para isso, e recebo o Amor Divino com o coração aberto. Quero acelerar minha evolução pessoal. Quero que meu Espírito me ajude a aumentar minhas capacidades. Quero que o meu corpo se regenere constantemente. Quero emanar saúde. Quero abandonar as dificuldades para ser um exemplo vivo daquilo que a humanidade pode atingir. Eu assumo a responsabilidade por tudo em que estou envolvido. Eu assumo a responsabilidade por tudo o que acontece comigo. Se não gosto do que acontece comigo, vou perceber que crio coisas que não gosto para chamar minha atenção para algo que não consigo ver e assim poder mudar o que realmente não funciona para mim."

12 de fev de 2010

As 10 atitudes de um homem perfeito =)

1. Homem flexível, equilibrado

2. Que é ótimo ouvinte.

3. Que é carinhoso, sensível.

4. Que pergunta o que acho e como me
sinto com relação às coisas.

5. Que gosta de encontrar meus amigos
e se diverte com eles.

6. Que gosta de sair, adora viagens
curtas ou longas, gosta de aventura e
de explorar lugares novos junto
comigo.

7. Que é paciente e deixa as coisas
acontecerem no seu tempo.

8. Que pede minha opinião na hora de
decidir alguma coisa.

9. Que gosta de teatro, cinema, adora
música ao vivo, se divertir e sair para
dançar.

10. Que beija como se fosse a primeira vez! 

*será que ele existe?

11 de fev de 2010

PRINCIPIOS

1 – PRINCÍPIO DO BEM - Niguém é destrutível porque quer.
Todos nós temos momentos de raiva, tristeza ou frustração. Isto é normal, e com o passar dos dias acaba. Mas quando continua, se aprofunda e toma conta do coração. Mas a maldade só toma conta da pessoa quando ela tem alguma carência, ou seja, a falta de alguma coisa em sua vida. Ela fica no lugar do que esta ausente causando a sensação de bem estar e de que não falta nada. A maldade é o tipo doentio de compensação de algo muito importante que a pessoa perdeu ou nunca conheceu.

2 – PRINCÍPIO DA ALEGRIA - Ninguém e triste porque quer.
Ninguém em juizo perfeito deseja ser mal humorado, ranziza, etc...
Nós não somos assim, mas em alguns momentos da vida, nós estamos assim, e como já dito, com o passar do tempo esses sentimentos desaparecem. Porém, as pessoas negativas, não conseguem ser felizes por si mesmas e buscam a felicidade no prazer de humilhar outras pessoas, ficando dependente dessas situações para ter um pouco de bem estar, esquecendo que a felicidade está dentro de cada um e não fora. A felicidade é contagiante, é mais fácil ser feliz perto das pessoas felizes. Quando estiver com alguém que só consegue ser feliz causando desgraça alheia lembre-se: ela não é assim porque quer, mas porque não consegue enxergar a vida como ela é. 

3 – PRINCÍPIO DO AMOR - Ninguém odeia porque quer.
O ódio nasce cresce e se instala quando sofremos algum tipo de humilhação. O ódio é como uma planta, que quando se rega cresce. O ódio só fica anormal quando não vai embora. Quando impede que a gente perdoe quem nos humilhou.Então começa uma roda viva em que, cada ato movido pelo ódio gera mais ódio, quando somos incapazes de perdoar significa que: quem nos maltratou é superior a nós, tanto que os seus atos tem o poder de definir nossos sentimentos, na verdade essas pessoas cheias de ódio se sentem inferiores, imcapazes de amar, de perdoar. Mas você consegue, toque a sua vida para sua frente, isso faz toda a diferença.

4 – PRINCÍPIO DA AÇÃO POSITIVA - Ninguém age negativamente por quer.
Primeiro, agir de maneira negativa é não agir de acordo com que somos, mas que estamos. Não somos vingativos, em alguns momentos estamos ou ficamos vingativos. Este sentimento de vingança é temporário, é uma reação necessária e involuntária devida à ação de quem nos provocou. A reação é uma ação negativa, é como uma resposta a provocação, isto significa que quem está decidindo a nossas ações, não somos nós, mas quem nos provocou. Se você reage, você faz o que a pessoa quer, mas se você agir (com consciência e não com a raiva). Você prova que é dono de si mesmo. Nossas ações devem vir de dentro de nós e não como reação ao que vem de fora de nós. Não reaja, aja.

9 de fev de 2010

Ser simples assim ...




Hoje decidi que vou enxergar as coisas simples da vida, despertando em minha alma a importância de ser simples, sem complicar aquilo que pode ser resolvido de forma sensata... A vida deve ser vivida com simplicidade. Às vezes, usamos uma lente de aumento absurda para complicar nossa vida ao máximo. Mas por que, e para que, complicar tanto as coisas?
Eu parei pra pensar:Se eu preciso de um aparelho celular, para que ter três? De uma agenda, por que ter duas? Ter somente o necessário evita esquecimentos, confusões e, principalmente, a desorganização.Concorda?

Vou dizer para as pessoas o quanto elas são importantes pra mim.
Nada é mais valioso do que um coração batendo junto do meu. Nada é mais importante do que o sorriso de uma pessoa que se identificou com o meu jeito de ser. Nada vale mais do que as pessoas que Deus colocou ao meu redor. E é graças a essas pessoas que hoje posso celebrar o dom da vida, com simplicidade, mas com muito amor.

Viver com simplicidade é ter clareza de propósito!

Ser simples vai além de querer ser pequeno:É não se comparar com ninguém e por isso considerar-se um ser único, sem desprezar aquele que é diferente de mim. A simplicidade parece muito com a generosidade: dou de mim para se encontrar no outro. Deixo meus desejos de lado para ir ao encontro das necessidades de alguém.

Somos condicionados a enxergar mais o ostensivo do que o simples. Enganamo-nos classificando as coisas passageiras como indispensáveis para a nossa felicidade e desprezamos os pequenos prazeres da vida. Caímos na armadilha de correr atrás de uma felicidade de posses, onde quanto mais se tem mais infeliz se é.

Percebí que as pessoas não devem correr atrás de coisas que talvez não possam cumprir. Que quem gosta da gente, gosta como é. Que ser muito transparente, às vezes não é vantajoso, mas eu continuo a ser. Não me importo!
 As pessoas se esquecem do que fizeram no passado;
Quem joga pedras esquece, mas quem recebe não esquece jamais;
Que a compreensão não faz parte do vocabulário de muita gente;
Que quando não sou comprendida, também  não compreendo;
Que quando sou magoada, guardo, mas depois esclareco;
Que certas pessoas só querem receber, ao invés de doar.
Portanto aprendi e aprendo que....
Muitas vezes não vale a pena ser bondosa, para não sofrer.


Por isso vamos apreciar, vivenciar e agradecer os pequenos momentos de prazer que nos vão acontecendo, ou que nós vamos inconscientemente procurando,pois são estes pequenos,mas tão grandes prazeres,que tornam a nossa vida tão simples,mas muito
feliz!

2 de fev de 2010

MULHERES POSSÍVEIS


Texto na Revista do Jornal O Globo  
Martha Medeiros - Jornalista e escritora
'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes.
Sou a Miss Imperfeita , muito prazer.
Uma imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado três vezes por semana, decido o cardápio das refeições, levo os filhos no colégio e busco, almoço com eles, estudo com eles, telefono para minha mãe todas as noites, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e-mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos, participo de eventos e reuniões ligados à minha profissão e ainda faço escova toda semana - e as unhas!
E, entre uma coisa e outra, leio livros.
Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic.
Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.
Primeiro: a dizer NÃO.
Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO.
Culpa por nada, aliás.
Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero.
Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.
Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.
Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.
Você não é Nossa Senhora .
Você é, humildemente, uma mulher .
E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante.
Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável.
É ter tempo .
Tempo para fazer nada.
Tempo para fazer tudo.
Tempo para dançar sozinha na sala.
Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.
Tempo para sumir dois dias com seu amor.
Três dias.
Cinco dias!
Tempo para uma massagem.
Tempo para ver a novela.
Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.
Tempo para fazer um trabalho voluntário.
Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto...
Tempo para conhecer outras pessoas.
Voltar a estudar.
Para engravidar.
Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.
Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.
Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.
Existir, a que será que se destina?
Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.
A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada.
Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem .
Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.
Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!
Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir.
Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.
Desacelerar tem um custo.
Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.
Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.
E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante'.



amei!

TEMPO E DESTINO

Hoje acordei com vontade de ser feliz. 
De seguir no rumo certo. 
De sentir que posso tudo. Tudo o que eu lutar para conquistar. E mais do que isso: despertei com ânsia de viver e perceber que a felicidade não é um destino e sim o nosso caminho de todos os dias...