4 de nov de 2013

....

E  tudo foi ficando cinza, as horas se arrastaram, e finalmente chegou ao fim!

Se doeu? nem sei.. ja estava tão pouco!

!!!!!!!!!!!!

SOMENTE NOS OPOSTOS É QUE SE ENCONTRA O SENTIDO DA VIDA! 
NÃO EXISTE A PERFEIÇÃO! 
EXISTE, SIM, AS DIFERENÇAS... 
É NA CONVIVÊNCIA QUE APRENDEMOS A VER NO OUTRO AS FRAQUEZAS E OS VALORES!

Seria perfeito se fosse assim !

8 de dez de 2011

Fascinante pensou
Com nobreza aguardou
Mesmo em transe se recompôs
Oxigênio guardou
Em penitência pro que vir depois
Dual

Ansiedade apertou
Sentiu frio no calor
Sufocou o que despertou
Reconheceu sua cruz
Sua sorte dessa vez mudou

Intenso corte que insuflou
Insenso, tomou o cobertor

Um beijo só lhe tocou
Tão forte assim
Descubra só o amor
O que era forte desmanchou
Tão facil assim
Sinta-se só no amor, no amor

O espadachim,
O inventor,
Qualquer um sim
Sofre do mal
Simples assim
Platônico
E não se consumou
Atômico
Tudo se transformou

Um beijo só lhe tocou
Tão forte assim
Descubra só o amor
O que era forte desmanchou
Tão facil assim
Sinta-se só no amor, no amor
Durante uma vida a gente é capaz de sentir de tudo, são inúmeras as sensações que nos invadem, e delas a arte igualmente já se serviu com fartura. Paixão, saudades, culpa, dor-de-cotovelo, remorso, excitação, otimismo, desejo – sabemos reconhecer cada uma destas alegrias e tristezas, não há muita novidade, já vivenciamos um pouco de cada coisa, e o que não foi vivenciado foi ao menos testemunhado através de filmes, novelas, letras de música.

Há um sentimento, no entanto, que não aparece muito, não protagoniza cenas de cinema nem vira versos com freqüência, e quando a gente sente na própria pele, é como se fosse uma visita incômoda. De humilhação que falo.


Há muitas maneiras de uma pessoa se sentir humilhada. A mais comum é aquela em que alguém nos menospreza diretamente, nos reduz, nos coloca no nosso devido lugar - que lugar é este que não permite movimento, travessia?. Geralmente são opressões hierárquicas: patrão-empregado, professor-aluno, adulto-criança. Respeitamos a hierarquia, mas não engolimos a soberba alheia, e este tipo de humilhação só não causa maior estrago porque sabemos que ele é fruto da arrogância, e os arrogantes nada mais são do que pessoas com complexo de inferioridade. Humilham para não se sentirem humilhados.


Mas e quando a humilhação não é fruto da hierarquia, mas de algo muito maior e mais massacrante: o desconhecimento sobre nós mesmos? Tentamos superar uma dor antiga e não conseguimos. Procuramos ficar amigos de quem já amamos e caímos em velhas ciladas armadas pelo coração. Oferecemos nosso corpo e nosso carinho para quem já não precisa nem de um nem de outro. Motivos nobres, mas os resultados são vexatórios.


Nesses casos, não houve maldade, ninguém pretendeu nos desdenhar. Estivemos apenas enfrentando o desconhecido: nós mesmos, nossas fraquezas, nossas emoções mais escondidas, aquelas que julgávamos superadas, para sempre adormecidas, mas que de vez em quando acordam para, impiedosas, nos colocar em nosso devido lugar.

9 de mar de 2011

20 DICAS PARA O SUCESSO

20 DICAS PARA O SUCESSO




1 Elogie 3 Pessoas por dia

2 Tenha um aperto de mão firme

3 Olhe as pessoas no olho

4 Gaste menos que ganha

5 Saiba perdoar a si e aos outros

6 Trate os outros como gostaria de ser tratado

7 Faça novos amigos

8 Saiba guardar segredos

9 Não adie uma alegria

10 Surpreenda aqueles que você ama com presentes inesperados

11 Sorria

12 Aceite uma mão estendida

13 Pague suas contas em dia

14 Não reze para pedir coisas, reze para agradecer e pedir sabedoria, e coragem

15 De as pessoas uma segunda chance

16 Não tome nenhuma decisão quando estiver cansado ou nervoso

17 Respeite todas as coisas vivas especialmente as indefesas

18 Dê o melhor de si em seu trabalho. Tenha prazer em fazer bem feito

19 Seja humilde principalmente nas vitórias

20 Jamais prive uma pessoa de esperança. Pode ser que ela só tenha isso.



oBs: "PODE SER DIFÍCIL, MAS NÃO IMPOSSÍVEL....."

23 de jan de 2011

15 de dez de 2010


Tínhamos a idéia, mas você mudou os planos
Tínhamos um plano, você mudou de idéia
Já passou, já passou - quem sabe outro dia....




5 de dez de 2010

FAZENDO UMA LISTINHA...

Uma boa forma de descobrir se alguém lhe ama verdadeiramente é prestar atenção refletidamente em que lista daquela pessoa que você pretende examinar você está. Você está na lista dos aniversariantes que ela pelo menos telefona? Ela sempre tem uma boa grande ação a cumprir, coincidentemente, anos após anos, naquela data? Sempre se lamenta por estar sem condições? Na verdade, o que importaria, em certas horas, não seria o sacrifício! Não foi isso o que você tantas vezes fez, abrindo mão de si mesmo, para vê-la mais aliviada, cultivando uma foooorte amizade? E agora? Onde estão os frutos? Você se lembra dos sacrifícios que já fez para socorrê-la? Valeu à pena? Ora, que diário está em seu coração? O da realidade que você está vivendo, mas não quer tomar nota? Ou de uma ilusão da qual você não quer abrir mão? Você está entre as pessoas a quem ela geralmente conta seus problemas? Você está na lista dos que ouvem seus problemas? Ou só você conta pra ela os seus? Ela lhe comunica se alguma coisa importante aconteceu? Ela lhe fala de seus projetos, confia no seu silêncio? Ou sempre age como se sua boca fosse sempre um trombone que sai contando por aí tudo o que é novidade? Ela se lembra de você quando por alguma razão começa a haver algum distanciamento? Ou você é quem sempre toma o primeiro passo? Não já é a hora de tirar todas as máscaras? De revisar suas listinhas brancas e listinhas negras? Quem ama compartilha! Não espere que existiu uma boa razão para certa pessoa agir de certo modo, se ela lhe esqueceu. Você sempre fez tudo por ela. E ela só lembra de você quando você é necessário pra alguma coisa. E quando você se lembra dela pra pedir alguma coisa, ela lhe atende solicitamente e com presteza? Ou arruma uma desculpa inteligente e amável pra tornar seu intento meio sem importância? Completamente sem importância!!! Lista de "extingue-se"! Faça uma recapitulação! Ora, não é possível que dentre esses quase seis bilhões de seres humanos, matematicamente, alguém não possa ter uma lista melhor pra você. Em que você esteja numa posição afetivamente mais confortável, não no rabo de uma fila egoista, mas da que compartilha. Não da manipulação, como se você fizesse parte de um maquinário projetado para uma função específica, e só. AMAR É COMPARTILHAR. Quando você nasceu, a quem sua mãe saiu contando? A quem ela mais amava. Quando Jesus ressuscitou para que pessoas ele se revelou ressurreto? Para quem nunca ouviu dele falar? Para os soldados romanos? Para quem tinha sentido prazer na sua morte? Não, foi para com quem Ele sentiu o compartilhamento de amor e de dor pelo seu sacrifício. Ora, existe o livro da vida. Uns para a vida eterna, outros para a morte eterna. Revise seu livrinho. Refaça sua listinha. Reflita friamente, não importe se doer. Claro! Sem precipitações! Sem levar em conta um esquecimento temporário, mas todo o conjunto do que aquela pessoa fez ou deixou de fazer, foi ou deixou de ser em sua vida. AMAR É COMPARTILHAR. Aquela pessoa aceitaria ouvir determinados erros seus? Ela compreenderia? Ela entenderia sua realidade? Aceitaria sua sinceridade? AMAR É COMPARTILHAR SEM RESERVAS A DOR E A ALEGRIA. Mas, não culpe ninguém por nada! Aprenda com esta revisão de listinhas! Há pessoas que lhe amam e quando precisam de você, haja reclamação. E outras que vez por outra lhe procuram, e você se dá por inteiro, mas não compartilham suas vidas, apenas sabem de sua utilidade. Não fique triste! Não chore! Perfeito só Jesus! Comece a fazer uma revisão de tudo, comece a fazer um caminho de trás para frente no seu coração e vá montando as peças do quebra-cabeças, do quebra-almas, do quebra-sentimentos, do bate-coração. AMAR É COMPARTILHAR!
 "A felicidade vem de dentro.
Não depende de fatores externos ou das outras pessoas.
Você fica vulnerável e é tão fácil magoar-se quando
os seus sentimentos de segurança e de felicidade
dependem dos comportamentos e das ações dos outros.
Nunca atribua o seu poder a nenhuma outra pessoa."
Brian Weiss

2 de dez de 2010

meu hoje

O sol brilha lá fora, esta muito quente hoje, o dia apresenta-se bonito.
O dia de ontem, não sendo muito normal, foi um daqueles dias que já me habituei a ter. De vez em quando tudo parece perder o sentido e cria-se um desespero cá dentro, uma angústia enorme, a juntar ao fato de estar meio assim sabe...
     Sei como resolver essa angústia. Com música e lágrimas. Já me aconteceu mais vezes, já desta forma simples resolvi esses dias. E ontem assim foi...
Há dias, tantos dias. 
Tantos sentimentos experimentamos no decorrer de todas as horas, de todos os tempos passados. Hoje estamos assim, amanhã nem sabemos o que nos espera.


"A quietude e o bem estar afeta-me."


Não consigo parar quieta, simplesmente fazer com que a minha cabecinha pare de vez em quando. É isto para aqui, o outro para ali.
Irritas-me de vez em quando sabias?




O mais importante depois de uma roda viva lá em baixo é levantarmos a cabeça, sozinhos ou com ajuda, não interessa, e continuarmos o nosso caminho. Continuarmos a vivê-lo com a mesma intensidade e seguirmos tudo o que desejamos porque, uma coisa aprendi, se temos esta oportunidade de viver, vamos desperdiçá-la atrás de sonhos que são dos outros? Cada um de nós consegue estar "sozinho", conseguimos aguentarmo-nos a nós mesmos nas piores das alturas, e aí, quando conseguirmos fazer isso, iremos olhar para o nosso lado e verificar que existem perto de nós pessoas simplesmente maravilhosas. Descobri tantas nestes últimos tempos, pessoas mesmo grandes para guardar para sempre no meu coração, cada uma com as suas formas e feitios, que me respeitam e eu respeito-as. Partilhamos alegrias, stresses, sorrisos, birras, más caras ou feitios tortos. Tudo, desde o que é muito bom até ao pior.


Cada um de nós representa uma obra de arte a ser completada e construída ao longo da nossa vida. Há pessoas bonitas, mas mesmo tão bonitas, com tanta coisa para nos ensinar e mostrar, pessoas estas que agarras a sua mão e ela mostra-nos um mundo completamente diferente.


Agarrei imensas mãos, mesmo que as pessoas não notassem, agarrei-me a elas e descobri mundos maravilhosos, recheados de coragem, simplicidade, conflitos, aprendizagens, memórias, força interior, orgulho, compreensão até alegrias para distribuir a quem o visitasse!
    Hoje estou bem, sinto-me mesmo bem, é isso!

Não sonho.
Não imagino.
Desejo que me desejes.
Desejo que venhas e preenchas aquele espacinho.
Abraça-me.
Você diz que tudo terminou
Você não quer mais o meu querer
Estamos medindo forças desiguais
Qualquer um pode ver
Que só terminou pra você
São só palavras teço, ensaio e cena
A cada ato enceno a diferença
Do que é amor ficou o seu retrato
A peça que interpreto,um improviso insensato
Essa saudade eu sei de cor
Sei o caminho dos barcos
E há muito estou alheio e quem me entende
Recebe o resto exato e tão pequeno
É dor, se há, tentava, já não tento
E ao transformar em dor o que é vaidade
E ao ter amor, se este é só orgulho
Eu faço da mentira, liberdade
E de qualquer quintal, faço cidade
E insisto que é virtude o que é entulho
Baldio é o meu terreno e meu alarde
Eu vejo você se apaixonando outra vez
Eu fico com a saudade e você com outro alguém
E você diz que tudo terminou
Mas qualquer um pode ver
Só terminou pra você
Só terminou pra você


*OS BARCOS
LEGIÃO URBANA!

30 de nov de 2010

ser gentilll????



*_*_*_*_*_*_*_*_*_* *_*_*_*_*_*_*_*_*_*



"Um belo dia resolvi mudar E fazer tudo o que eu queria fazer"


E isso tava no meu orkut:


"O nosso primeiro e último amor é... o amor-próprio."


É como deve ser.

Nesse tempo...
Tive um amor e muitos amigos.
Do amor quase esquecendo.
Dos amigos nunca esqueci.


Tão bom quanto ter um amigo é saber ser um.



Como diria o profeta: GENTILEZA gera GENTILEZA.


Moral da minha história:
Nunca mais deixo um amigo de lado por causa de qualquer amor. Por que os "amores" passam, mas os verdadeiros amigos ficam.



\o/
C<--
JL



E fui andando sem pensar em voltar E sem ligar pro que me aconteceu
Um belo dia vou lhe telefonar Pra lhe dizer que aquele sonho cresceu

QUANDO VOCE VOLTAR...



Vai, se você precisa ir
Não quero mais brigar esta noite
Nossas acusações infantis
E palavras mordazes que machucam tanto
Não vão levar a nada, como sempre
Vai, clareia um pouco a cabeça
Já que você não quer conversar.
Já brigamos tanto
Mas não vale a pena
Vou ficar aqui, com um bom livro ou com a TV
Sei que existe alguma coisa incomodando você
Meu amor, cuidado na estrada
E quando você voltar
Tranque o portão
Feche as janelas
Apague a luz
e saiba que te amo...

18 de nov de 2010

só por hoje... (legião urbana)

Só por hoje eu não quero mais chorar
Só por hoje eu espero conseguir
Aceitar o que passou o que virá
Só por hoje vou me lembrar que sou feliz
Hoje já sei que sou tudo que preciso ser
Não preciso me desculpar e nem te convencer
O mundo é radical
Não sei onde estou indo
Só sei que não estou perdido
Aprendi a viver um dia de cada vez
Só por hoje eu não vou me machucar
Só por hoje eu não quero me esquecer
Que há algumas pouco vinte quatro horas
Quase joguei a minha vida inteira fora
Não não não não
Viver é uma dádiva fatal!
No fim das contas ninguém sai vivo daqui mas -
Vamos com calma !
Só por hoje eu não quero mais chorar
Só por hoje eu não vou me destruir
Posso até ficar triste se eu quiser
É só por hoje, ao menos isso eu aprendi
Yeah!
Esta semana foi plena de emoções fortes, anseios, indecisões. Mas eis que a decisão foi tomada, com muito bom senso (disso não tenho dúvida), e apesar de estar extenuada, sinto-me eufórica. Uma euforia interior, que me faz sentir leve e feliz... se há instantes de felicidade, este é um deles e quero saboreá-lo, deliciar-me com veemente prazer... as vezes nao sei nem descrever o que relamente é isso, o que sei é que eu aprendi a lidar mais com minhas emoções e não impor nada a ninguem.
Derrepente quando nos damos conta falamos coisas que .. putzz, nem acredito que saiu de mim, mas a palavra depois de lançada e dificilll de ser modificada, e eu tenho esse dom de falar oq vvem na hora sem as vezes nem pensar no estrago que uma má interpretação vai causar. Mas enfimm.. 
Hoje estou na correria de trabalho, como sempre né... mas o bom disso e manter a mente ocupada e nao deixar que o que me fere interfira no meu dia a dia... 
Gostaria que as pessoas fossem mais diretas.. eu acredito que a vida nao espera por nós, ela simplesmente vai passando e vamos deixando de viver coisas boas por se encolher num canto pra pensar se vale a pena ou nao.. eu nao gosto disso, EU VIVO O AGORA!
Enquanto isso vou alimentando a minha utópica esperança de que um dia serei recompensada pelo meu mérito, pela minha inteligência, pela minha dedicação e trabalho. Um dia serei recompensada pela vida por me manter no difícil, atormentado e muito acidentado percurso regido por valores e princípios onde está, acima de tudo, o respeito pelo outro.
Utopias...
 ...


É preciso permitir que alguém nos ajude, nos apoie, nos dê forças para continuar. Se aceitarmos este amor com pureza e humildade, vamos entender que o Amor não é dar ou receber - é participar. (Paulo Coelho)

16 de nov de 2010


O que será ser só
Quando outro dia amanhecer?
Será recomeçar?
Será ser livre sem querer?

TUDO MUDA MUITO RAPIDOOO

"Que estranhos somos, nós mortais! Cada um de nós está aqui para uma breve jornada cujo propósito não sabemos embora por vezes o possamos sentir. Mas sabemos da vida diária que existimos para os outros, principalmente para aqueles de cujos sorrisos e bem-estar depende a nossa felicidade."

 
Já me sinto recuperada de mais uma tempestade em minha vida, e por mais que as horas passem e os dias e as noites e o bater do relogio se intensifique, eu aproveito cada segundo para me recompor e não mais esperar por nada que nao seja paupavel, ou real... NÃO VALE A PENA!
A ansia parou aqui.. neste exato momento em que ao se ignorar um sentimento, tudo foi quebrado e abalado. 
E se a vida quer assim.. que assim seja!

VAMOS VIVER TUDO QUE HA PRA VIVER...
VAMOS NOS PERMITIR..

Este será meu lema de hoje em diante!

È isso!

15 de nov de 2010


 
"Arriscar-se é perder o pé por algum tempo.
Não se arriscar é perder a vida..."

(Soren Kiekegaard)

A ESPERA...

Quando estamos à espera que algo aconteça, é o momento em que não temos o nosso destino na mão. A vida resume-se a um caminho pelo bosque, onde, de tempos a tempos encontramos bifurcações, nas quais temos de decidir o nosso destino. Ou vamos por um, ou vamos por outro. Somos nós que decidimos. Mas quando esperamos por uma decisão, tome ela a forma que tomar, sentimo-nos pequenos, inseguros, desorientados. É o momento em que algo ou alguém vai decidir por nós. É o momento em que o nosso próprio destino nos escapa das mãos. Sintomatologicamente , o nosso corpo reage, das mais variadas formas. A verdade é nua e crua: não podemos fazer nada...
A espera de algo sempre está ligada a esperança…… essa nunca deve morrer, porém a vida deve continuar, os projetos, objetivos, sonhos e conquistas devem seguir vivos…….mesmo quando se está esperando algo.



Passei a vida tentando corrigir
os erros que cometi na minha ânsia de acertar.
(Clarice Lispector)